Unidade Porto Alegre

Pronto Atendimento: 07h às 20h

Hospital Ernesto Dornelles 1801 – 3º Andar
Av. Ipiranga, Porto Alegre – RS

Unidade São Leopoldo

Rua Primeiro de Março 474 / 1402
Centro – São Leopoldo – RS

Unidade São Jerônimo

Av. Rio Branco, 1008/01
Bela Vista – São Jerônimo

Explorando o papel da genética nas doenças oculares: fatores hereditários que você deve conhecer

A saúde dos nossos olhos é influenciada por uma série de fatores, incluindo nossa genética. Muitas doenças oculares têm uma predisposição hereditária, o que significa que elas podem ser passadas de geração em geração.

A saúde dos nossos olhos é influenciada por uma série de questões, incluindo os fatores hereditários. Muitas doenças oculares têm uma predisposição hereditária, o que significa que elas podem ser passadas de geração em geração.

No artigo de hoje, vamos explorar o papel da genética nas condições visuais e destacar alguns dos fatores hereditários mais importantes que todos deveriam conhecer para entender melhor seu organismo.

Acompanhe a leitura e conheça mais sobre 3 condições!

Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI):

A DMRI é uma das principais causas de perda de visão em adultos mais velhos e tem uma forte ligação com a genética. Estudos identificaram vários genes que estão associados ao aumento do risco de desenvolver DMRI, incluindo o gene complemento fator H (CFH) e o gene ARMS2.

Ter histórico familiar de DMRI pode aumentar significativamente o risco de desenvolver a condição, destacando a importância de avaliações oftalmológicas regulares para monitorar a saúde macular.

Glaucoma hereditário:

O glaucoma é outra condição ocular com uma predisposição genética. Existem vários tipos da doença, alguns dos quais têm uma forte ligação com a hereditariedade. Por exemplo, o glaucoma de ângulo aberto primário (GAAP) tem sido associado a várias mutações genéticas, incluindo o gene MYOC.

Ter parentes de primeiro grau com o quadro aumenta o risco de desenvolver a condição e destaca a importância da triagem precoce e do monitoramento regular da pressão intraocular.

Retinose Pigmentar:

A retinose pigmentar é uma doença hereditária que afeta a retina e pode levar à perda progressiva da visão. É causada por mutações em vários genes que são essenciais para a função das células fotoreceptoras na retina. Essas mutações podem ser transmitidas de pais para filhos de forma autossômica dominante, autossômica recessiva ou ligada ao cromossomo X.

Ter histórico familiar de retinose pigmentar aumenta o risco de desenvolver a condição e pode justificar aconselhamento genético para entender melhor os riscos de transmissão.

É preciso estar atento aos fatores de risco

À medida que entendemos melhor o papel da genética nas doenças oculares, torna-se claro que a hereditariedade desempenha um papel significativo na saúde dos nossos olhos. Conhecer os fatores hereditários que estão associados a condições como DMRI, glaucoma e retinose pigmentar pode ajudar a orientar a triagem precoce, o diagnóstico e o tratamento dessas doenças.

Além disso, o aconselhamento genético pode ser uma ferramenta valiosa para indivíduos com histórico familiar de doenças oculares, fornecendo informações importantes sobre os riscos de transmissão genética e ajudando a tomar decisões informadas sobre cuidados oculares preventivos e tratamento.

Conte com a nossa experiência!

A Clínica Sulvision conta com 20 profissionais especializados em Oftalmologia com um ideal em comum: cuidar de você e da sua saúde! Entre em contato conosco para agendar o seu atendimento no Hospital Ernesto Dornelles e tenha a segurança de ser atendido por uma equipe qualificada.

Estamos aguardando o seu contato!

Unidade Porto Alegre

Unidade São Leopoldo

Unidade São Jerônimo